"Carregando..."

Se o uso de dispositivos digitais já vinha em acelerada expansão, isso ficou ainda mais latente diante da pandemia da Covid-19 e da recomendação de isolamento social. As pessoas estão cada vez mais comprando online e procurando por todos os tipos de produtos e serviços nos meios digitais: em sites institucionais, buscadores (como o Google) e redes sociais.

Apostar no marketing digital deixou de ser, portanto, opcional. Agora é obrigatório para quem quer ter visibilidade, elevar a autoridade da marca, se aproximar dos clientes e construir uma relação de confiança. E isso não é diferente no segmento veterinário.

Uma boa estratégia digital para as clínicas veterinárias está atrelada a todas essas vantagens e mais: contribui para diferenciação em um mercado competitivo, para alavancar vendas e ter mais resultados.

Mas diante do crescimento do marketing digital e das inúmeras vertentes que ele possui, qual é a melhor estratégia para uma clínica veterinária? É isso o que você vai ver neste artigo.

Antes de mais nada: tenha um bom site institucional

Há quem acredite que, em tempos de redes sociais, um site não faz fartura. Para o segmento veterinário, isso não é verdade. Muito pelo contrário: é a fachada da sua casa. Um site bonito, responsivo e funcional é o que vai balizar todas as demais investidas no marketing e nas vendas.

Isso significa que a sua estratégia no Facebook ou Instagram, por exemplo, irá redirecionar para os serviços que constarão no site. Você também pode ter uma loja virtual integrada para vender os produtos e serviços.

Se sua clínica ainda não tem um bom site, escolha um domínio, contrate uma hospedagem confiável e um web designer que esteja atento àquilo que representa o perfil da sua empresa.

O que não pode faltar no seu site:

  • Breve histórico da empresa e dos profissionais que atuam nela;
  • Serviços prestados, com boa descrição para fácil entendimento;
  • Depoimentos de clientes e cases de sucesso;
  • Informações como localização, horário de atendimento e plantões;
  • Contato por e-mail, telefone e whatsapp;
  • Link para as redes sociais;
  • Seção com principais perguntas e respostas;
  • Imagens da clínica, dos procedimentos e de momentos do atendimento;
  • Loja de produtos (se tiver);
  • Blog.

Sim, um blog otimizado é diferencial

Em uma página exclusiva para o blog, você irá disponibilizar informações importantes sobre o bem-estar animal e materiais relevantes para o conhecimento da sua persona.

Assim, mostra que a clínica veterinária tem expertise sobre os mais variados assuntos e, eventualmente, relaciona com os serviços prestados pela sua empresa.

Mas é importante que tanto o site quanto o blog tenham aspectos de otimização para os motores de busca. Isso significa que, se alguém procurar por determinado assunto no Google, ele vai encontrar a solução para a sua pesquisa no seu site (e blog!).

Entre as boas práticas de SEO (Search Engine Optimization), estão:

  • Velocidade de carregamento das páginas;
  • Segurança aos usuários durante o acesso;
  • Mobile-friendly;
  • Conteúdo de qualidade e relevante, fluido e agradável de se ler.
  • Palavras-chave do segmento.

Cadastre seu negócio no Google

O Google é um canal estratégico, confiável e de grande visibilidade. Fazer com que seu site tenha presença no buscador é, portanto, fundamental. Além de otimizar seu site e blog para os mecanismos de busca, a outra dica é cadastrar a empresa no Google Meu Negócio.

É uma ferramenta gratuita que permite gerenciar a forma como sua empresa local aparece nos produtos do Google, seja no próprio motor de pesquisa e até mesmo no Google Maps. Ela embasa boas práticas de marketing e vendas por geolocalização.

A presença no Google Meu Negócio ajuda os clientes a descobrir os produtos e serviços que você oferece, além de entrar em contato, encontrar seu local e enviar avaliações.

Tenha presença nas redes sociais

Não é mais novidade para ninguém que as redes sociais são grandes aliadas do marketing digital. Por mais que o site institucional seja a fachada da casa, ter presença nas principais mídias é fundamental para dialogar de forma expansiva, maximizar resultados e para o próprio alcance.

Mas qual rede social é a melhor para o seu negócio?  Para responder essa pergunta, você precisa conhecer o seu público-alvo, as características das principais mídias e fazer com que o match seja certeiro.

Publicar conteúdo de qualidade é uma maneira eficiente de se posicionar como autoridade. Uma boa dica é estabelecer um equilíbrio: 80% de conteúdo educacional/informativo e 20% de conteúdo da marca.

Além disso, nas redes sociais você pode divulgar o conteúdo publicado em outras plataformas (blog, por exemplo) ou produzir material específico para elas.

Uma boa estratégia é aquela que faz o casamento perfeito daquilo que precisa de migração para outras plataformas e do que pode ser explorado sem que o usuário precise sair da rede: os carrosséis, os stories, os vídeos curtos e os cards com informações curtas.

Vale lembrar que, para alavancar vendas, é importante investir em anúncios patrocinados, seja nas redes sociais, seja no Google. Eles devem ser pensados conjuntamente com todas as demais estratégias. Tráfego orgânico e tráfego pago, quando são bem pensados e andam juntos, trazem resultados surpreendentes.

Se você quer uma estratégia específica para a sua clínica veterinária, converse com a Atom. Temos expertise no segmento e cases de sucesso.